Blog do Fernando Rodrigues

“Ele nascerá de novo”, diz videoclipe pró-Chávez

Fernando Rodrigues

Filme produzido pelo marqueteiro de Lula e de Dilma tem 2 minutos e 15 segundos

Propaganda começa a construir o mito com a lembrança de venezuelano morto

Um videoclipe de dois minutos e 15 segundos produzido por João Santana faz uma emocionada homenagem a Hugo Chávez, morto no dia 5.mar.2013. O slogan não deixa dúvida sobre construção do discurso chavista na atual fase da Venezuela: “Ele nascerá de novo” (em espanhol, “él nacerá de nuevo”).

Eis o filme, que inicialmente está apenas na internet:


 

Para assistir em smartphones ou alguns modelos de tablets, clique aqui.

Responsável por muitas campanhas presidenciais de líderes de esquerda em vários países (Lula e Dilma Rousseff, inclusive), Santana utilizou imagens de venezuelanos demonstrando seu carinho por Chávez. O material foi captado no ano passado.

Em 2012, a campanha a presidente de Chávez foi feita por Santana e por sua equipe. O videoclipe divulgado hoje é dele em parceria com João Andrade. Os dois usaram o mesmo tom emocional da propaganda inaugural do processo eleitoral venezuelano do ano passado.

Em 2012, o jingle dizia: “Meu comandante, Chávez. Meu presidente, eu quero mais. Uh, ah, sempre vou te amar. Uh, ah, Chávez seguirá”.

Agora, a letra completa é a seguinte:

A luz que nos leva adiante não se apaga jamais.
Ilumina nosso destino, uma história audaz.
Desenha os sonhos que nos mantêm de pé.
Nutre a nossa alma e renova a fé.
Como um pássaro que volta a voar.
Como uma estrela que volta a brilhar.
Como um coração valente que volta a cantar…
Ele nascerá de novo… Ele nascerá de novo…
Para avançar, avançar, avançar com o seu povo!
Ele nascerá de novo… Ele nascerá de novo…
Para avançar, avançar, e vencer com o seu povo!

O ritmo mistura balada com o de canções gospel. Santana e Andrade não escondem que o objetivo é emocionar. Se possível, fazer chorar a la Franco Zeffirelli em seus filmes de cunho religioso. As imagens de chavistas que ilustram o clipe contêm todas as personagens de uma propaganda desse estilo. O pobre, o velho, a criança, o trabalhador e por aí vai. Todos estão lá demonstrando sua paixão por Chávez. Até a grávida que mostra a barriga com a inscrição “yo soy chavista” bem na hora que jingle contém a frase “Ele nascerá de novo”.

Tecnicamente perfeito para o que se propõe, o filme de João Santana e de João Andrade contribui para este momento na largada do processo de construção do mito de Hugo Chávez –que está sendo transformado numa espécie de dom Sebastião da Venezuela.

O blog está no Twitter e no Facebook.